*A MENINA QUE CHUPAVA GELO

*Por Edla Zim

Felipa era uma amiga doce e amável. Estava sempre disposta a ajudar as pessoas.  Não gostava de fofocas, e para ela, todas as pessoas tinham um lado bom.  Era alegre e divertida. Tinha sempre uma piada pronta e gostava de divertir as pessoas colocando apelidos de acordo com os nomes. Cris, outra amiga por exemplo, era chamada de Crisântemo.  Para cada amiga ou amigo, ela dava um apelido engraçado e carinhoso.

Todos nutriam um carinho especial por ela.

Um dia Felipa foi parar no hospital. O médico avisou que ela estava com um problema renal e que deveria cuidar muito bem de seus rins a partir daquele dia. Apesar de todo o cuidado, os rins de minha amiga pararam de funcionar um tempo depois.

Mas isto não impediu que ela continuasse abastecida de otimismo e amor. Também não impediu que ela continuasse fazendo as pessoas felizes. Uma conversa que jamais esquecerei, foi quando ela utilizou uma técnica para matar a sede que me chamou muito a atenção . Ela chupava gelo e o saboreava como se fosse o mais gostoso sorvete ou picolé.

—Gelo é bom? Perguntei.

—Gelo é ótimo. —Respondeu Felipa.

—Porque você chupa gelo?

—Porque não posso tomar água.

—Nossa, eu não conseguiria ficar sem tomar água, falei inocentemente.

—Você gosta de fazer xixi? Replicou ela.

—Eu? —Gostar de fazer xixi?  —Que pergunta esquisita?

—Então, eu não posso fazer xixi, por isso, não posso tomar água.

—Verdade? —Você não faz xixi?

—Não! Mas lembro-me como era bom.

Naquela noite, antes de entrar no banho, fiz xixi e lembrei-me dela imediatamente.

No dia seguinte, contei pra Felipa sobre a atenção que tive na hora de fazer xixi  e tomar água, coisas que eu não considerava até o dia anterior .

Nem assim ela ficou triste. Ficava feliz de saber que o meu problema renal não havia avançado e que diferentemente dela, eu podia gozar de prazeres que parecem tão insignificantes, quando temos tudo na nossa mão.                                                                                                           

Nunca escondi minha admiração, respeito e orgulho por ser amiga dela. Ver tamanha determinação e dedicação ao trabalho, mesmo fazendo a hemodiálise.  Nunca mais esqueci a lição aprendida com ela, pois sempre que tomo água e faço xixi, eu agradeço. 

Agradeço a Deus pela saúde e pela lição aprendida com minha doce amiga que chupava gelo.

ivanacoluna

* Edla Zim é Graduada em Administração de empresas, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda. Possui Pós Graduação em Gestão Empresarial e Recursos Humanos. Atuou quase 40 anos no mercado, dos quais 30 anos na empresa Tracebel Energia. Mas foi na família, que Edla conquistou sua maior formação e transformação. Palestrante de diversos temas voltados ao comportamento humano, família, mulheres, empresas e jovens.  

Saiba mais sobre Edla Zim clicando aqui

Get a free blog at WordPress.com Theme: Fusion by digitalnature.