Ivana Anselmo Souza

Colunas de Ivana Anselmo Souza publicadas no jornal Diário do Sul.

Ivana Anselmo Souza é psicóloga, coach, sócia da CliQueRH e também trabalha com treinamento & desenvolvimento de pessoas para diversas empresas da região da AMUREL. Possui pós-graduação em Gestão de Pessoas pela FASC, Personal e Profissional Coaching pela SBC. Escreve sobre diversos temas no campo da Psicologia, Gestão de Pessoas e Dependência Química.

________________________________________________________________________________

Sabe aquela velha expressão “tirar leite de pedra”? Existem pessoas que conseguem extrair o que há de melhor em qualquer situação, por mais estranha que possa parecer. Que mesmo diante de dificuldades, consegue encarar os desafios de maneira serena e confiante. E isso pode fazer toda a diferença em sua vida. Qual o segredo? Basta descomplicar um tantinho! Leia mais aqui:

 

Como você encara a própria vida? De que modo a conduz? Com ansiedade, negativismo, medo? Ou com leveza, humor e boa vontade? A forma como você lida com todas as situações – as boas e também as ruins – pode dar o tom da sua vida. Pode torná-la mais amarga ou mais agradável. Pense sobre esta questão e leia mais aqui:

Qual o papel da comida em sua vida? Se você é um dos que luta contra a balança, talvez seja importante fazer-se este questionamento. Porque alimentar-se é fundamental, mas tornar-se obcecado pela (má) alimentação, não. Descobrir o quanto a comida te afeta é parte de um processo de conscientização alimentar. Quer saber mais? Leia aqui:

 

Que o trabalho dignifica o homem, todo mundo sabe. Que trabalhar é fundamental para mantermos nossa vida “nos eixos”, também. Mas você é realmente feliz com o que realiza todos os dias? Ou sonha com outra carreira, um outro caminho profissional? Talvez você perceba que não se encaixa no que faz hoje. Então vem comigo, aqui:

Você se considera alicerce ou parede? A pergunta pode parecer esquisita, mas acompanhe: você é do tipo que sustenta uma relação (amorosa, de trabalho, familiar) ou prefere ficar escorado, esperando que os outros tomem as decisões por você? Todo mundo costuma se “revezar” entre estas duas posições em um ou outro momento da vida. E você, como se autoavalia, neste momento? Leia mais aqui:

 

Você montou seu currículo à perfeição, revisou vinte vezes e está ansioso para disparar o documento por todas as empresas interessantes de sua região. Mas calma! Primeiro, confira o horário. Você gostaria de alguém batendo em sua porta às três da manhã? Quer saber qual o melhor momento para solicitar aquela tão sonhada vaga de emprego – seja online ou pessoalmente? Confere aqui!

 

Não basta ser bem sucedida, ter uma carreira de sucesso, fazer muito dinheiro. Tem que ser mãe. Tem que casar. Tem que adquirir bens. Tem que viajar… Será mesmo? Há dois meses ganhei um bebê e minha vida mudou completamente. Curiosamente, existem pessoas que, mesmo neste período de descobertas e de adaptação, fazem cobranças quanto às outras áreas de minha vida. E se surpreendem quanto eu informo que fiz uma pausa (ainda que não totalmente) das minhas funções profissionais. Precisamos sempre estar 100% envolvidas em tudo? Leia mais aqui:

 

Vira e mexe alguém justifica seu humor flutuante alegando ser “bipolar”. Já percebeu? Com o advento das redes sociais este auto-diagnóstico tornou-se muito popular, muito embora esteja bem longe da verdade, na maioria dos casos. Você sabe do que se trata o transtorno bipolar? Confira aqui e, em caso de dúvidas, consulte um especialista!

 

 

Você lembra como as coisas eram diferentes antes do smartphone? Quando as pessoas não passavam o tempo todo mergulhadas naquela pequena tela brilhante do celular? Quando se conversava durante os almoços, olho no olho… Quando se assistia TV juntos, e no ônibus as pessoas liam ou cochilavam. Pois é, bons tempos… Será que não está na hora de retomá-los? De voltarmos ao contato humano e desconectarmos um pouquinho? Leia mais aqui!

 

Preparado (a) para a entrevista que pode garantir seu emprego dos sonhos? Se ainda não, mãos à obra! Com um pouquinho de esforço você pode surpreender o recrutador! Pesquise sobre a empresa que está oferecendo a vaga, chegue na hora e tenha seu currículo na ponta da língua. Quer saber mais? Confere aqui!

 

Nas últimas semanas acompanhamos mais uma polêmica: as ações da prefeitura de São Paulo para com os frequentadores da Cracolândia. Muito se falou sobre as internações à força. Afinal, até onde vai a liberdade do cidadão?

Quando comecei a trabalhar com recuperação de dependência química, era da opinião de que só quem pedisse ajuda poderia ser auxiliado. Mas convivendo com usuários e acompanhando suas histórias, mudei de opinião. A questão é que muitas vezes este tipo de tratamento traz resultados positivos. E pode ser a única chance para muitos pacientes. Leia mais aqui:

 

Todos nos comportamos de maneiras diferentes diante de determinadas situações, não é mesmo? Alguns sabem lidar com dificuldades de maneira mais tranquila; outros acabam se preocupando em excesso. E você? Vive se estressando por qualquer motivo? Que tal algumas técnicas para aliviar sua ansiedade? Quer saber mais? Leia aqui!

 

Você é uma pessoa ansiosa? Vive estressada, com uma espécie de aperto no peito que não tem explicação, come demais, dorme mal? Talvez você sofra desse mal, tão comum nos dias de hoje. E se for o caso, é importante identificar a raiz do problema e tratá-lo o quanto antes. Leia mais aqui:

 

Tá insatisfeito (a) com seu emprego atual? Calma aí! Antes de tomar qualquer decisão intempestiva, pense bastante. Existem três alternativas interessantes para você resolver esta situação dramática. E só uma delas diz respeito a pedir demissão. Quer saber mais? Leia aqui:

 

Você é daqueles(as) que basta ver uma mulher grávida pra já ir chegando e apalpando a barriga? Ou é ainda mais incisivo, e decide dar uma aula sobre maternidade para toda e qualquer gestante que cruzar seu caminho? Segura as pontas aí! Neste período delicado para a mulher, evite situações e comentários desagradáveis. Porque sim – de maneira geral estes comentários são bastante inoportunos. Leia mais aqui!

 

Com o atual cenário político nacional, não está sendo fácil nos percebermos envoltos em sentimentos negativos, desânimo e incertezas. Mas toda a crise traz consigo um choque de realidade. E este pode ser o momento ideal para promovermos a mudança que tanto necessitamos. Em nós mesmos. Porque não só nossos representantes políticos precisam mudar. Nós também podemos – e para muito melhor. Leia mais aqui:

 

 

Você é do tipo que acorda animado, falante e super-disposto? Ou é do time que só engata depois de algumas horas e várias xícaras de café? Tem quem faça do mau humor sua marca registrada, garantindo assim a fama de ranzinza e intratável. Mas o que fazer pra dispensar essa irritação que, às vezes, insiste em nos acompanhar ao longo do dia? Leia aqui:

 

Quer dizer então que receber conselhos não é bom? Tem certeza? Pense melhor a respeito e aprenda a levar em consideração a opinião e a análise de gente mais experiente que você. Aí vale ficar atento aos conselhos do chefe, de colegas de trabalho, de amigos e, é claro, às boas orientações da mamãe. Quer saber mais? Leia aqui:

 

Muito se fala da corrupção epidêmica existente e praticada nos altos escalões governamentais. Mas já parou para analisar suas próprias atitudes ou a de pessoas próximas a você? Costuma furar a fila no banco? Estaciona em lugar proibido “só por cinco minutinhos”? Não devolve o troco pago a mais? Tenta tirar vantagem em tudo? Se você se identificou com alguma destas situações, reflita sobre isso. Se não se identificou, parabéns. Desta forma temos a certeza de que ainda existe honestidade e integridade no mundo. Leia mais aqui!

Recrutar novos talentos, escolher um entre tantos candidatos a uma vaga de emprego, saber apurar o perfil de cada um dos entrevistados… tudo isso são tarefas bem complexas aos recrutadores. E é justamente por isso que, eventualmente, falhas podem acontecer na hora do processo de seleção. Mas existem algumas estratégias para conseguir o melhor resultado. Confira aqui! Lembrando que os entrevistados de hoje poderão ser os recrutadores de amanhã!

 

 

Como você imagina que funciona o processo seletivo em uma empresa? Acha que para contratar um novo empregado basta esticar o braço e pinçar o primeiro currículo que estiver a frente? Pense melhor. O processo para a seleção de um perfil que corresponda às necessidades de uma empresa é de extrema responsabilidade, é uma tarefa delicada e bastante complexa. Quer saber mais? Aqui:

 

Como anda sua vida? Curtindo plenamente os bons momentos que seus caminhos te reservam ou anda absolutamente mergulhado em trabalho, com prazos a vencer e metas a atingir? O dia parece curto para se dedicar ao que mais importa? Pois trago notícias: seu dia tem a mesma duração que o de todo mundo. Não há falta de tempo. O que existe são prioridades. E você, vem priorizando o que? Leia mais aqui:

 

É quase um impulso incontrolável: diante de determinada situação da qual não fazemos parte, não hesitamos em formar uma opinião sem base em nada além do achismo para julgar uma pessoa. Nossa mente é fértil para tirar conclusões precipitadas – e na maioria das vezes bastante descabidas. Já pensou a respeito? Portanto, cuidado! Antes de apontar o dedo para alguém, avalie melhor a situação. E não julgue para não ser julgado!

 

Reclamar é gostoso, (às vezes) faz bem e tá na moda, né? Que o digam as redes sociais, onde agressões verbais, xingamentos e muita baixaria têm espaço garantido. Mas é importante lembrar: você realmente PRECISA entrar nesta onda? Quando se trata de procurar emprego, então… é bom tomar cuidado com o que despeja nas redes. Reforçamos sempre: seu perfil nas redes sociais também é avaliado pelos recrutadores. Uma atitude agressiva, comentários inapropriados e linguagem chula definitivamente vão pesar contra você.

 

Ei, você, que está na batalha por um emprego: como anda seu currículo? Sim, este é um tema recorrente – e não é à toa. É surpreendente a quantidade de erros de estratégia exibidos em currículos espalhados por aí – pergunte a qualquer recrutador! Vão de dados desnecessários a emails  para contato da época da adolescência. Quer saber como não fazer besteira? Leia mais aqui:

 

Trabalhar em casa – ou home office, pra parecer mais sofisticado – tornou-se um sonho para milhares de pessoas, nos últimos anos. Realmente parece maravilhoso, não? Você produz, ganha dinheiro para isso e ainda fica no conforto de seu lar, “de pernas para cima”. Só que não é exatamente assim que funciona. Muito pelo contrário. Para trabalhar em casa você precisa de métodos, de organização. É importante seguir regras para manter-se produtivo, sem no entanto cair na armadilha de procrastinar eternamente ou de virar a noite sem descanso dando conta das demandas atrasadas. Leia mais aqui:

 

 

Passou por uma experiência ruim e agora vive com medo? Lembre-se sempre que a decisão de continuar caído ou de se levantar cabe apenas a você. Então, muita força! Converse com as pessoas, abra-se, aceite ajuda. Vale tudo para levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima! Nesta coluna, trago como exemplo a história da Vó Zena. Leia mais aqui:

 

Está atrás de emprego? Distribuiu currículos por diversas empresas em sua região? E seus contatos, estão atualizados? Eis aí a pegadinha. É incrível, mas também muito comum recrutadores NÃO ENCONTRAREM os candidatos a determinada vaga que deixaram currículo com um número de telefone. Ou o aparelho está desligado, ou o número não existe, enfim. Sempre é bom se prevenir. Neste caso, deixe à disposição não apenas um único contato. E, é claro, mantenha-se atento ao celular!

Bateu aquela vontade de jogar tudo para o alto e investir em outras áreas? Está insatisfeito(a) com seu emprego atual e quer mudar de ares? Existem algumas atitudes que podem facilitar este processo. Definir o que você realmente está buscando e pesquisar bastante a respeito podem te ajudar. Quer saber mais? Leia aqui.

 

Já teve aquela sensação de estar sendo observado? Não se trata de paranoia, e sim dos julgamentos diários de que todos nós somos alvo, seja em família, no trabalho ou entre amigos. Sim, constantemente somos avaliados de maneira bastante crítica – e às vezes cruel – sobre quem somos e o que fazemos. Assim como no Big Brother. Um pequeno deslize e podemos pagar pelas consequências. Como reverter isso? Não entrando no jogo e parando de julgar todos ao nosso redor. Reciprocidade. Confira nossa coluna do dia, publicada também no jornal Diário do Sul.

Reportagem de TV mostrou a história de um vereador que criou um manual de conduta com regras para convivência na Câmara de Vereadores em questão. O homem – e sua sugestão – foram execrados, o que me chamou a atenção. E por que? Porque manuais de conduta são absolutamente comuns em empresas privadas, por exemplo. Ter bem claras as regras sobre como se vestir e se portar faz parte do dia a dia de muitos trabalhadores. Leia mais aqui:

E você, como se relaciona com o fogão? Gosta de cozinhar ou é o(a) melhor amigo(a) do entregador de pizza? Na arte da culinária, com certeza não existe versão definitiva. O seu jeito de preparar o feijãozinho de cada dia pode ser totalmente diferente do meu jeito. E não tem problema nenhum. E assim como na cozinha, na vida não poderia ser diferente. Muitas vezes precisamos nos adaptar para driblar determinada situação. E o que funciona para uns, não vai dar certo para outros. Leia mais aqui:

Vizinhos podem ser uma verdadeira bênção. Simpáticos, acolhedores, generosos e confiáveis. Infelizmente, também podem se tornar seu pior pesadelo… Já passou pela experiência? E mais: já parou para pensar que VOCÊ pode ser o vizinho desagradável? Lembre-se sempre, tolerância é a chave para uma convivência pacífica. Leia mais aqui.

Desanimado em sua interminável busca por um emprego? Calma, é provável que sua busca esteja terminando. O pior da crise já passou, e o ano de 2017 demonstra ser de recuperação, inclusive no mercado de trabalho. As perspectivas são boas. Leia mais aqui.

Época de fim de ano e a impressão geral é de que o mundo inteiro vai se lançar numa comemoração desenfreada onde a felicidade é compulsória. E você? Está no clima ou acha tudo muito exagerado? Se você acha exagerada toda esta celebração, saiba que não está sozinho. E tudo bem. Leia mais aqui.

 

É Natal, momento de felicidade, de união, de reunir a família, se divertir. Correto? Nem sempre. Há quem não consiga lidar com estas datas tão marcantes. Você é uma dessas pessoas? Saiba que não está sozinho. Procure não alimentar pensamentos negativos e lembre-se: quem faz o Natal ser bom ou ruim somos nós mesmos. Escolha ter um feliz Natal.

coluna-20-dezembro

Fim de ano é aquela correria, não é mesmo? Mas por que tem que ser assim? Não estará você sobrecarregado de tantos afazeres, compromissos, atividades e eventos que mal tem tempo para respirar? Não estará sua agenda lotada interferindo na sua qualidade de vida? Pense a respeito e reprograme-se para um Ano Novo mais tranquilo e planejado.

coluna-13-dezembro

 

A morte sempre nos pega de surpresa. Dificilmente estaremos preparados para ela. A dor de perder alguém querido e próximo é incalculável, mas este processo é inevitável e é importante sabermos aprender a lidar com a saudade. Para isso, é preciso expressar o que sentimos – esconder nossa dor não é a melhor estratégia. Você não precisa ser forte o tempo todo. Leia mais aqui:

coluna-06-de-dezembro

Já tratamos deste assunto por aqui algumas vezes. E sempre é importante relembrar: você, que está a procura de emprego, mantém o currículo impecável ou anda precisando de uma forcinha? Se for o caso, seus problemas acabaram! Saiba como fazer bonito junto à empresa cuja vaga lhe interessa. Leia mais aqui:

coluna-29-de-novembro

Tem o grupo da família, o dos colegas de trabalho… Tem o grupo dos amigos da infância, da turma da faculdade… Ainda tem aquele do pessoal da academia, do futebol, das vizinhas… o céu é o limite quando a ideia é reunir pessoas com algo em comum e criar mais um famigerado grupo no Whatsapp. Quer saber como lidar melhor com tanta informação? Vem comigo!

coluna-22-de-novembro

Em busca de um emprego? Este é o momento ideal! Está aberta a temporada de contratações! Normalmente, tratam-se de vagas temporárias, mas tudo depende do seu desempenho. Quem sabe o que é temporário possa se tornar permanente  –  o que é bastante comum, neste período. A chave é se destacar. Leia mais aqui.

coluna-08-de-novembro

 

Você precisa trabalhar, anda sondando uma promoção, também quer passar mais tempo com os filhos, está pensando em voltar a estudar e não quer deixar o marido/esposa de lado. Como administrar tantas tarefas importantes, como priorizar e não deixar o que realmente importa ser negligenciado? Primeiramente, analise o que precisa ser melhorado na sua vida. É um bom ponto de partida. Quer saber mais? Aqui:

coluna-01-de-novembro

 

Em um ano com tantos acontecimentos marcantes e tantas atribulações, a chegada do mês de novembro chega a “surpreender” por deixar a impressão de que o ano passou voando. Você também tem a mesma sensação? Acontece que os dias continuam tendo as mesmas 24 horas. E como você vem administrando seu tempo? Leia mais aqui:

coluna-25-de-outubro

 

 

 

Agendou uma entrevista de emprego e agora espera ansioso para o dia de encarar os recrutadores? Muita calma nesta hora! A seguir, quatro das questões frequentemente feitas durante uma entrevista – e as melhores respostas a elas. Confira, adapte a sua realidade e boa sorte!

coluna-11-outubro

 

Em nossa última coluna falamos sobre aquilo que (quase) ninguém conta sobre o casamento. Hoje, trouxemos sugestões para tornar sua relação cada vez mais sólida e prazerosa. Sempre com maturidade e responsabilidade. Leia mais aqui:

coluna-04-outubro

 

Lidar com as diferenças no dia a dia é tarefa árdua para todos: professores X alunos, colegas de trabalho, empregado X patrão… E quando esta relação é ainda mais próxima, a coisa pode complicar. Como num casamento, por exemplo. Quer desafio maior do que lidar com as nuances de humor do outro e ao mesmo tempo enfrentar os desafios cotidianos tão distantes do romantismo do cinema? Casamento é ótimo, mas dá trabalho… Leia mais aqui:

coluna-27-setembro

 

No se trabalho você frequentemente faz uso de e-mails? Se sim, lembre-se de dominar todas as pequenas regras do bom uso desta importante ferramenta. Acompanhe aqui algumas sugestões bem práticas para você fazer bonito profissionalmente:

coluna-20-setembro

 

Se até nossos companheirinhos patudos precisam de uma pausa, uma diversão para escapar do estresse, meus amigos… imaginem nós, seres humanos. Não ter uma válvula de escape para abstrair das pressões do dia-a-dia é causa de doença sim! Leia mais aqui (e aproveite a companhia de seu dog para desestressar!

coluna-13-setembro

 

Já dizia o sábio: errar é humano, mas permanecer no erro… Estamos em constante processo de aprendizado, e nunca é tarde para assimilar uma ou outra coisinha que pode nos ajudar de forma significativa. Confira aqui alguns errinhos que podem fazer feio por sua reputação no ambiente de trabalho. Evite-os!

coluna-06-de-setembro

O que é ser livre, para você? É realizar todas as suas vontades? Se pensou assim, melhor rever seus conceitos. Saber dizer não a si mesmo é um verdadeiro sinal de maturidade. Saiba usufruir ao máximo de sua liberdade sem apelar para o descontrole ou a futilidade. Leia mais aqui:

coluna-30-agosto

Quer sucesso profissional? Treine como um atleta! As Olimpíadas estão aí para mostrar como o esforço pode ser compensador. No entanto, nem todos podem pôr as mãos na tão cobiçada medalha de ouro, lembre-se disso. E lembre-se também que paciência e perseverança são indispensáveis em sua jornada.

coluna-23-agosto

Get a free blog at WordPress.com Theme: Fusion by digitalnature.